Guerras Médicas

Guerras Médicas

Por Ana Beatriz Ferreira, Catarina Sula Braga e Nadine Pereira, 6º B

  Durante sua expansão em direção ao Ocidente, o poderoso Império Persa conquistou diversas colônias gregas na Ásia Menor, dentre elas, a importante cidade de Mileto. Essas colônias, lideradas por Mileto, e contando com a ajuda de Atenas, tentaram, em vão, libertar-se do domínio persa, promovendo uma revolta.
  Foi o que bastou para Dario I, rei dos Persas, lançar seu poderoso exército, sobre a Grécia continental, dando inicio às Guerras Médicas. A causa principal para esses conflitos foi à disputa entre gregos e persas pela sua supremacia marítimo-comercial no Mundo antigo.
  No primeiro confronto, para surpresa de todos, 10 mil gregos, liderados pelo ateniense Milcíades, conseguiram impedir o desembarque de 50 mil persas, vencendo-os na Batalha de Maratona, no ano de 490 a.C. Os persas, entretanto não desistiram. Dez anos depois voltaram a atacar as cidades gregas.
  Em 480 a.C., se valendo do terreno estreito, 300 espartanos, sob a liderança de Leônidas, mais 7 mil aliados bloquearam os desfiladeiros das Termópilas. Depois de 3 dias de resistência, um grego traidor guia as forças persas por uma trilha. Os gregos são atacados pela retaguarda e são dizimados.
  Ainda em 480 a.C., os gregos esqueceram as divergências internas e uniram-se, conseguindo com isso, vencer os persas nas batalhas de Salamina e Platéia (479 a.C.).
  Conscientes de que os persas poderiam voltar a qualquer momento, varias cidades lideradas por Atenas formaram a Confederação de Delos, cuja sede ficava na Ilha de Delos. Ficou acertado que cada uma dessas cidades deveria contribuir com navios, soldados e dinheiro.
  Atenas, porem, aproveitou-se do fato de ser a responsável pelo dinheiro da Confederação e passou a usá-lo em beneficio próprio.
  Com isso, impulsionou sua indústria artística, seu comércio e modernizou-se, ingressando numa fase de prosperidade, e impondo sua hegemonia ao mundo grego.
  O apogeu dessa fase correspondeu aos anos entre 461 e 431 a.C., tempo em que Atenas foi governada por Péricles. Daí o século V a.C. ser chamado de Século de Péricles.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: